Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Bruxinha...

A Bruxinha...

Sábado à noite, estava já eu no vale dos lençóis e começa-me a vir o cheiro a farturas, quentinhas e com canela. Até me salivava, mas claro que isso não passava da minha imaginação. Não havia farturas cá em casa! Nisto o homem acorda, sobressaltado com o telemóvel a tocar e como se não bastasse a máquina estava a lavar e mesmo naquela parte de torcer, já não dormiu mais... Entretanto aproveitei a cena e começo a dizer-lhe : Sabes ao que me cheira???? Cheira me a farturas! Ele: porquê??? Eu: olha talvez porque estou grávida! Ele : Também acho que estou grávido! Eu: porquê??? Ele: Aqui à dias estava na fábrica a trabalhar e veio aquele cheiro do mel puro. Sabes aquele quando as abelhas estão a puxar a cera. Eu : A sério??? Oh vai te lixar! Ele: juro-te que não estou a brincar! Eu: Pensei que me ias dizer que também cheirava te a farturas. E eu sei lá qual o cheiro a que te referes, lembras te??? Nunca fui pás abelhinhas! Por isso sei lá eu qual é o cheiro! (E lá refilei mais um bocadinho e com muitos risos à mistura)

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.